76: Ciência à beira de descobrir a cura para a doença de Alzheimer

Fonte: Ciência à beira de descobrir a cura para a doença de Alzheimer

logo_transp_200

18.Jul.2016 - 18.Jan.2018

18.Jul.2016 – 18.Jan.2018

2 dias ago cuidador cuidador
Há 18 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no…
Read More
2 dias ago18.Jul.2016 – 18.Jan.2018
16.Jan.2018

16.Jan.2018

3 dias ago cuidador cuidador
Hoje, a mensagem é mais longa do que habitualmente, mas a data também é muito especial e merece refe…
Read More
3 dias ago16.Jan.2018
03.Jan.2018

03.Jan.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
Hoje, infelizmente, não pudemos levar um raminho de flores. O orçamento não "esticou" dado que o Est…
Read More
2 semanas ago03.Jan.2018
30.Dez.2017

30.Dez.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Mais um ano que passou, é o segundo após a tua partida e ainda parece que foi ontem! A Saudade não l…
Read More
3 semanas ago30.Dez.2017
23.Dez.2017

23.Dez.2017

4 semanas ago cuidador cuidador
Este é o segundo Natal que passamos sem ti minha querida e não existem palavras que traduzam a dor e…
Read More
4 semanas ago23.Dez.2017

[powr-hit-counter id=404525d3_1488655078439]

75: 14.Set.2016

0-lutotransp200Hoje, sinto-me completamente desfeito! Pelas 04:00 horas da madrugada tive de chamar o INEM dado que não consegui reanimar a minha filha de um coma hipoglicémico (34) nem com a habitual papa de açúcar na bochecha.

Depois de mais de meia-hora e uma injecção intra-venosa de glucose, os técnicos do INEM saíram e um episódio completamente descabido e anormal decorreu.

Quando os técnicos do INEM iam a sair a porta, vi a minha filha atrás deles e pensei que ela tinha de ir ao hospital mas ela disse-me que ia apenas à ambulância para lhe tirarem a agulha que eles tinham aplicado nas costas da mão para lhe injectarem a glucose (!!!???!!!).

Das (muitas) vezes anteriores que este mesmo episódio aconteceu aqui em casa, NUNCA foi necessária esta deslocação dado que o enfermeiro que colocava a agulha, retirava-a depois. E o facto é que a minha filha tinha saído de um coma, completamente encharcada em suor (uma das reacções que costuma ter quando os valores descem a níveis muito baixos) e a noite estava fria! Para apanhar uma pneumonia não era preciso mais!

Ela desceu as escada, atravessou a rua a tremer dado que a ambulância estava estacionada do outro lado, e disse-me depois que tinha assinado um papel e tinha pedido que se despachassem a tirar-lhe a agulha da mão porque estava cheia de frio…

Das outras vezes, costuma aparecer primeiro a ambulância e depois um carro com um(a) médico(a) que verifica a situação, não sei se foi por não ter aparecido o segundo carro que ela teve de assinar o papel mas concordo que no estado em que ela se encontrava, foi COMPLETAMENTE IRRACIONAL, DESPROPOSITADO e INCONCEBÍVEL, a sua saída para a rua para fazer o que atrás mencionei!

Talvez por ter sido a primeira vez que esta situação aconteceu – a chamada do INEM a casa -, depois da morte de minha esposa que me deitou abaixo porque ainda não me encontro refeito do profundo golpe de separação e o meu estado psicológico abanou como um tsunami.

Quem pensa que também ser cuidador de um diabético é pera doce e não requer grandes entregas, está profundamente enganado porque tenho de levantar-me de noite para ver se ela se encontra bem.

logo_transp_200

18.Jul.2016 - 18.Jan.2018

18.Jul.2016 – 18.Jan.2018

2 dias ago cuidador cuidador
Há 18 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no…
Read More
2 dias ago18.Jul.2016 – 18.Jan.2018
16.Jan.2018

16.Jan.2018

3 dias ago cuidador cuidador
Hoje, a mensagem é mais longa do que habitualmente, mas a data também é muito especial e merece refe…
Read More
3 dias ago16.Jan.2018
03.Jan.2018

03.Jan.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
Hoje, infelizmente, não pudemos levar um raminho de flores. O orçamento não "esticou" dado que o Est…
Read More
2 semanas ago03.Jan.2018
30.Dez.2017

30.Dez.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Mais um ano que passou, é o segundo após a tua partida e ainda parece que foi ontem! A Saudade não l…
Read More
3 semanas ago30.Dez.2017
23.Dez.2017

23.Dez.2017

4 semanas ago cuidador cuidador
Este é o segundo Natal que passamos sem ti minha querida e não existem palavras que traduzam a dor e…
Read More
4 semanas ago23.Dez.2017

[powr-hit-counter id=cbcacb51_1488655100741]

74: 13.Set.2016

0-lutotransp200Infelizmente, terminou no passado dia 18 de Julho a minha “actividade” de cuidador de minha esposa, com demência de Alzheimer e outras patologias associadas, contudo, a minha “actividade” de cuidador continua embora não tanto desgastante mas também muito intensa dado que tenho de cuidar de minha filha, diabética insulina-dependente que entra em coma glicémico muito frequentemente, especialmente durante a noite ou antes de jantar.

O artigo que a seguir insiro vem na sequência dos custos que, pelos vistos, abrangem a maioria das doenças incuráveis e que necessitam de cuidados especiais. Mas passemos à notícia:

Diabetes

O fim das picadelas no dedo

Monitorização da doença tornou-se mais fácil, com uma nova tecnologia que evita as picadelas nos dedos dos doentes.

Há 22 anos que Maria de Lurdes Frade pica os dedos. Não uma, mas várias vezes ao dia. Hoje, com 60 anos, a diabetes de que sofre obriga-a a três injecções de insulina diárias e seis picadelas de dedo para avaliar os níveis de glicose. «Custa tanto», admite ao Destak. Por isso, não tem dúvidas quanto lhe perguntam como seria viver sem ter que picar o dedo: «imagino que deve ser o paraíso!». É isso que oferece uma nova tecnologia, que chega ao País. Mas que não é para todos.

Com um custo de €169,90 (o kit), mais €59,90 por cada sensor, cuja duração é de 14 dias, esta é uma tecnologia que apenas alguns podem pagar. «Uma injustiça», classifica Maria de Lurdes Frade, que apela a uma comparticipação do Estado. José Luís Medina, presidente da Sociedade Portuguesa de Diabetologia e Francisco Carrilho, presidente da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia pedem o mesmo. A decisão está agora do lado do Infarmed, que se encontra, segundo Paulo Sousa, responsável da Abbott, que comercializa o produto, a avaliar a situação.

Manancial de informações

«Para quem, há muitos anos, acompanha o dia a dia dos doentes diabéticos e partilha não só a parte clínica mas humana desta doença, que pesa muito na vida das pessoas, quando falávamos sobre o futuro, falávamos de dispositivos semelhantes a este», partilha Francisco Carrilho, que não hesita em classificar a novidade como «disruptiva», capaz de reduzir os episódios de hipoglicémias e melhorar a qualidade de vida.

Por isso, lança um desafio: que por cá seja possível aceder à tecnologia, «sendo seguro que com esta acessibilidade vamos ter uma redução dos custos com a saúde».

«Um avanço notável»

Com recurso a uma tecnologia «única», o FreeStyle Libre, o primeiro medidor de glicose que evita as picadas nos dedos e que começa a ser comercializado em Portugal na próxima semana, é composto por um sensor, que deve ser colocado na parte posterior do braço, e um leitor que recolhe a informação. E tem indicação para todos os diabéticos mas sobretudo para os do tipo 1 e do tipo 2 que fazem insulina.

«Um avanço notável», garante José Luís Medina, e capaz de «melhorar a qualidade de vida dos doentes», oferecendo três tipos de informação: «sobre o perfil de glicose nas últimas horas, o valor presente e a tendência de futuro. Uma vantagem, já que avisa sobre os ajustes necessários».

Jornal Destak online
12 | 09 | 2016 11.01H
Carla Marina Mendes | cmendes@destak.pt

Nota: “Com um custo de €169,90 (o kit), mais €59,90 por cada sensor, cuja duração é de 14 dias, esta é uma tecnologia que apenas alguns podem pagar.” o que significa que, quanto aos sensores, são € 4,28/dia. Ora, a notícia refere que esse sensor é colocado no braço mas não informa se é um por dia ou sempre que se pretenda fazer uma medição.

Mas como diz a notícia, “esta é uma tecnologia que apenas alguns podem pagar”, ou seja, quem tem dinheiro pode seguir esta metodologia, quem não tem dinheiro, continua a picar o dedo… Como em quase tudo na área da saúde em Portugal.

Ou seja, os ricos quando morrem vão de pança cheia; os pobres quando morrem já vão cadáveres.

logo_transp_200

18.Jul.2016 - 18.Jan.2018

18.Jul.2016 – 18.Jan.2018

2 dias ago cuidador cuidador
Há 18 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no…
Read More
2 dias ago18.Jul.2016 – 18.Jan.2018
16.Jan.2018

16.Jan.2018

3 dias ago cuidador cuidador
Hoje, a mensagem é mais longa do que habitualmente, mas a data também é muito especial e merece refe…
Read More
3 dias ago16.Jan.2018
03.Jan.2018

03.Jan.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
Hoje, infelizmente, não pudemos levar um raminho de flores. O orçamento não "esticou" dado que o Est…
Read More
2 semanas ago03.Jan.2018
30.Dez.2017

30.Dez.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Mais um ano que passou, é o segundo após a tua partida e ainda parece que foi ontem! A Saudade não l…
Read More
3 semanas ago30.Dez.2017
23.Dez.2017

23.Dez.2017

4 semanas ago cuidador cuidador
Este é o segundo Natal que passamos sem ti minha querida e não existem palavras que traduzam a dor e…
Read More
4 semanas ago23.Dez.2017

[powr-hit-counter id=35c99502_1488655123348]

73: 12.Set.2016

0-lutotransp200Em resposta ao meu e-mail:

De: F Gomes
Enviada: sexta-feira, 9 de Setembro de 2016 19:11
Para: Maria Carmo Dionísio

Assunto: RE: Pedido de mudança de médico de família

Boa tarde

Se possível, pretendia saber se as férias de todos os profissionais e das médicas de família já terminaram para saber qual a médica de família que nos foi atribuída.

Obrigado,

Finalmente, chegou hoje um e-mail informando que já tínhamos (eu e a Vera) novo médico(a) de família.

Boa tarde Sr. Francisco,

Venho por este meio informar que a partir de hoje a vossa médica de família é a Dra Salomé Sousa Coutinho.

Atentamente,

Continuo sem qualquer notícia sobre os subsídios a que tenho direito por parte do Centro Nacional de Pensões e da Caixa Geral de Aposentações e já decorreram quase DOIS MESES.

logo_transp_200

18.Jul.2016 - 18.Jan.2018

18.Jul.2016 – 18.Jan.2018

2 dias ago cuidador cuidador
Há 18 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no…
Read More
2 dias ago18.Jul.2016 – 18.Jan.2018
16.Jan.2018

16.Jan.2018

3 dias ago cuidador cuidador
Hoje, a mensagem é mais longa do que habitualmente, mas a data também é muito especial e merece refe…
Read More
3 dias ago16.Jan.2018
03.Jan.2018

03.Jan.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
Hoje, infelizmente, não pudemos levar um raminho de flores. O orçamento não "esticou" dado que o Est…
Read More
2 semanas ago03.Jan.2018
30.Dez.2017

30.Dez.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Mais um ano que passou, é o segundo após a tua partida e ainda parece que foi ontem! A Saudade não l…
Read More
3 semanas ago30.Dez.2017
23.Dez.2017

23.Dez.2017

4 semanas ago cuidador cuidador
Este é o segundo Natal que passamos sem ti minha querida e não existem palavras que traduzam a dor e…
Read More
4 semanas ago23.Dez.2017

[powr-hit-counter id=6b5092d2_1488655148945]

72: 11.Set.2016

0-lutotransp200Rápidos a ESMIFRAR dinheiro aos contribuintes de fracos recursos económicos são extremamente rápidos, PAGAR o que os contribuintes têm DIREITO por lei… isso é para quando existir… oportunidade…!

E é neste país miserável onde vivo que a AT-Autoridade Tributária e Aduaneira, mais conhecida por Fisco ou Finanças, enviou-me hoje um aviso de pagamento no valor de € 300,00 referente à 1ª. prestação (de duas) do IRS de 2015, a liquidar até dia 30 do corrente mês. Como é que um contribuinte que recebe de pensão pouco mais de € 460,00  pode pagar esta verba se a pensão da esposa terminou por falecimento em 18 de Julho e os subsídios por viuvez referentes aos meses de Agosto e Setembro não foram pagos nem sequer o subsídio de funeral?

Se ficar sem dinheiro para pagar a renda da casa, a água, o gás ou a electricidade, a farmácia, a alimentação ou outras despesas básicas de primeira necessidade, QUE SE LIXE! Desenrasca-te que a banca, os banqueiros, os corruptos, os ladrões e os vígaros precisam de continuar a chupar o teu dinheiro!

Eu gostaria de ser premiado com o €uromilhões não para ser mais um novo-rico, mas para poder FUGIR deste país e destas quadrilhas que me andam a ROUBAR no pós golpe de Estado de Abril’74.

logo_transp_200

18.Jul.2016 - 18.Jan.2018

18.Jul.2016 – 18.Jan.2018

2 dias ago cuidador cuidador
Há 18 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no…
Read More
2 dias ago18.Jul.2016 – 18.Jan.2018
16.Jan.2018

16.Jan.2018

3 dias ago cuidador cuidador
Hoje, a mensagem é mais longa do que habitualmente, mas a data também é muito especial e merece refe…
Read More
3 dias ago16.Jan.2018
03.Jan.2018

03.Jan.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
Hoje, infelizmente, não pudemos levar um raminho de flores. O orçamento não "esticou" dado que o Est…
Read More
2 semanas ago03.Jan.2018
30.Dez.2017

30.Dez.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Mais um ano que passou, é o segundo após a tua partida e ainda parece que foi ontem! A Saudade não l…
Read More
3 semanas ago30.Dez.2017
23.Dez.2017

23.Dez.2017

4 semanas ago cuidador cuidador
Este é o segundo Natal que passamos sem ti minha querida e não existem palavras que traduzam a dor e…
Read More
4 semanas ago23.Dez.2017

[powr-hit-counter id=7b57a0ba_1488655174021]

71: 10.Set.2016

tina004aa55 dias passaram desde que partiste e nos deixaste em profunda dor e saudade. O tempo não arrefece estes sentimentos porque eles estão e continuarão a estar dentro de nós bem vivos e latentes a todo o minuto. Espero que te encontres em Paz. Um dia destes vou ter contigo minha querida.

Para os leitores deste Blogue, o primeiro post que aqui se encontra tem a data de 01 de Julho de 2016. Mas eu tenho um outro blogue (privado) onde conto as diárias anteriores a essa data sendo o primeiro episódio a 10 de Janeiro de 2014.

0-lutotransp200Conforme a minha disposição, porque mexer neste tema é muito doloroso e reviver acontecimentos recentes, ainda pior, vou tentar introduzir todos esses episódios começando pelos mais recentes, ou seja, 30 de Junho de 2016 para trás.

Minha esposa, não fosse a teimosia, a incompetência e a incúria médica, ainda hoje poderia estar viva embora a doença continuasse a progredir. Ela NÃO FALECEU DA DOENÇA mas de FALÊNCIA RESPIRATÓRIA provocada por CHOQUE SÉPTICO devido às úlceras espalhadas pelo corpo e da infecção bacteriana resultante dessas úlceras.

06072016_03

Úlcera de Pressão Região Sagrada

Unidade de Missão para os Cuidados Continuados Integrados

O aparecimento de uma Úlcera de Pressão é, quase sempre, consequência do incumprimento de boas práticas nos cuidados prestados a doentes sujeitos a longos períodos de imobilidade. A sua prevenção e tratamento requerem uma equipa multidisciplinar composta por enfermeiros, médicos, nutricionistas, assistentes sociais e fisioterapeutas. O risco de desenvolvimento de úlceras de pressão aumenta consideravelmente quando se combinam os seguintes factores:

Imobilidade

Compromisso do sistema imunitário
Perda de massa muscular

06072016_04

Definição de Úlceras de Pressão

Há vários métodos de classificação das Úlceras de Pressão, sendo o mais comum aquele que atribui graus ás estruturas e tecidos lesados.

Grau IV
– Ausência total da pele com necrose do tecido subcutâneo ou lesão do músculo, osso ou estruturas de suporte (tendão, cápsula articular, etc.)

Choque séptico: sintomas, tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Choque séptico?

O choque séptico é uma condição grave que ocorre em decorrência da sepse e traz risco de vida. Ocorre quando um agente infeccioso, como bactérias, vírus ou fungo, entra na corrente sanguínea de uma pessoa. Essa infecção afecta todo o sistema imunológico, desencadeando uma reação em cadeia que pode provocar uma inflamação descontrolada no organismo. Esta resposta de todo o organismo à infecção produz mudanças de temperatura, da pressão arterial, frequência cardíaca, contagem de células brancas do sangue e respiração.

Causas

Choque séptico é geralmente causado por infecção bacteriana. Qualquer tipo de bactéria pode causar choque séptico. Fungos e vírus também podem causar essa condição, embora infecções virais sejam extremamente raras. As toxinas liberadas pelos agentes invasores podem causar danos nos tecidos e resultar em pressão arterial baixa e função reduzida dos órgãos. Alguns pesquisadores acreditam que os coágulos sanguíneos em pequenas artérias interrompem o fluxo sanguíneo e causam a redução da função dos órgãos.

O organismo também produz uma forte resposta inflamatória às toxinas. Essa inflamação pode contribuir para que ocorram danos nos órgãos.

O choque séptico tem uma alta taxa de mortalidade. A taxa de mortalidade depende da idade do paciente e de suas condições gerais de saúde, da causa da infecção e de quantos órgãos apresentaram insuficiência, assim como da rapidez e agressividade com as quais o tratamento médico foi iniciado.

Relatórios da urgência do hospital de S. Francisco Xavier:

urgencia01

12072016alogo_transp_200

18.Jul.2016 - 18.Jan.2018

18.Jul.2016 – 18.Jan.2018

2 dias ago cuidador cuidador
Há 18 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no…
Read More
2 dias ago18.Jul.2016 – 18.Jan.2018
16.Jan.2018

16.Jan.2018

3 dias ago cuidador cuidador
Hoje, a mensagem é mais longa do que habitualmente, mas a data também é muito especial e merece refe…
Read More
3 dias ago16.Jan.2018
03.Jan.2018

03.Jan.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
Hoje, infelizmente, não pudemos levar um raminho de flores. O orçamento não "esticou" dado que o Est…
Read More
2 semanas ago03.Jan.2018
30.Dez.2017

30.Dez.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Mais um ano que passou, é o segundo após a tua partida e ainda parece que foi ontem! A Saudade não l…
Read More
3 semanas ago30.Dez.2017
23.Dez.2017

23.Dez.2017

4 semanas ago cuidador cuidador
Este é o segundo Natal que passamos sem ti minha querida e não existem palavras que traduzam a dor e…
Read More
4 semanas ago23.Dez.2017

[powr-hit-counter id=a71541eb_1488655203500]

70: 09.Set.2016

0-lutotransp200Tendo sido tão célere a cortar as pensões de minha esposa após o seu falecimento no passado dia 18 de Julho, a “segurança” social deste País ENTROU EM INCUMPRIMENTO com os seus deveres e obrigações de pagar ao viúvo a pensão a que tem direito e referente aos meses de Agosto e Setembro já que o pagamento deveria ter sido efectuado hoje, dia 9 e não foi efectuado qualquer crédito na conta bancária..

Isto, quando a referida “segurança” social se arroga de, no seu site, ter este texto:

Lista de devedores na Segurança Social

Em cumprimento do disposto no artigo 72º, nº 1, da Lei n.º 7-A/2016, de 30 de Março (Orçamento do Estado para 2016), no artigo 214º do Código dos Regimes Contributivos do Sistema Previdencial de Segurança Social e no artigo 64º, n.º 5, alínea a), da Lei Geral Tributária, e após suspensão deste procedimento a partir de Agosto de 2013, procede-se, no ano de 2016, pelo presente meio, à publicitação das listas dos devedores à segurança social com processos de execução fiscal activos.

Esta lista integra devedores que, por ter terminado o prazo de pagamento voluntário sem terem cumprido as suas obrigações e, no prazo e termos legais, não terem requerido e enquadrado o pagamento da dívida em prestações, prestado garantia ou requerido a sua dispensa, não têm a sua situação contributiva regularizada.

Gostaria de saber se os cidadãos, trabalhadores, pensionistas e reformados deste país apenas têm DEVERES e OBRIGAÇÕES e estas instituições apenas DIREITOS. É ridícula a frase “… sem terem cumprido as suas obrigações…”.

Será que a referida “segurança” social encontra-se acima de todas e quaisquer OBRIGAÇÕES?

Veremos a resposta do Provedor de Justiça…

E chamam a esta coisa de nome Portugal, um estado de Direito e pessoa de bem?

logo_transp_200

18.Jul.2016 - 18.Jan.2018

18.Jul.2016 – 18.Jan.2018

2 dias ago cuidador cuidador
Há 18 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no…
Read More
2 dias ago18.Jul.2016 – 18.Jan.2018
16.Jan.2018

16.Jan.2018

3 dias ago cuidador cuidador
Hoje, a mensagem é mais longa do que habitualmente, mas a data também é muito especial e merece refe…
Read More
3 dias ago16.Jan.2018
03.Jan.2018

03.Jan.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
Hoje, infelizmente, não pudemos levar um raminho de flores. O orçamento não "esticou" dado que o Est…
Read More
2 semanas ago03.Jan.2018
30.Dez.2017

30.Dez.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Mais um ano que passou, é o segundo após a tua partida e ainda parece que foi ontem! A Saudade não l…
Read More
3 semanas ago30.Dez.2017
23.Dez.2017

23.Dez.2017

4 semanas ago cuidador cuidador
Este é o segundo Natal que passamos sem ti minha querida e não existem palavras que traduzam a dor e…
Read More
4 semanas ago23.Dez.2017

[powr-hit-counter id=5962a63f_1488655244894]

69: Cuidador

0-lutotransp200cui·da·dor |ô|

adjectivo e substantivo masculino

1. Que ou aquele que cuida.

2. Diligente; zeloso.

“cuidador”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

No caso presente, cuida da esposa 24 horas por dia, sem qualquer apoio do Serviço Nacional de Saúde, apesar de solicitado ao médico de família e à assistente social.

A patologia da Tina, na área de D.O.P.C. (Doença Obstrutiva Pulmonar Crónica), requer internamento hospitalar para cuidados continuados que não podem ser prestados no domicílio, e que estão a ser NEGADOS por quem de direito: médico de família e urgências do hospital de S. Francisco Xavier, já que tanto o médico de família tem conhecimento do estado da sua paciente há mais de UM ANO e que diz não poder proceder ao internamento, assim como das 3 vezes em que foi evacuada numa ambulância do INEM para a urgência do hospital, sem que se tenha efectuado qualquer acto no sentido deste internamento.

É esta a prova que o actual governo, mais as suas merdosas e assassinas políticas de austeridade, de cortes a eito, de saques e roubos às miseráveis pensões e reformas dos idosos, não passa de um bando de lacaios ao serviço de Bruxelas, da UE ou dos nazistas do merkelreich alemão. Para esta canalha, Portugal e os Portugueses não existem mas sim e apenas subserviência total aos ultra-neoliberais nazistas internacionais.

 0-assinatura

18.Jul.2016 - 18.Jan.2018
cuidador cuidador 2 dias ago

Há 18 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no… Read More

18.Jul.2016 – 18.Jan.2018
16.Jan.2018
cuidador cuidador 3 dias ago

Hoje, a mensagem é mais longa do que habitualmente, mas a data também é muito especial e merece refe… Read More

16.Jan.2018
03.Jan.2018
cuidador cuidador 2 semanas ago

Hoje, infelizmente, não pudemos levar um raminho de flores. O orçamento não "esticou" dado que o Est… Read More

03.Jan.2018
30.Dez.2017
cuidador cuidador 3 semanas ago

Mais um ano que passou, é o segundo após a tua partida e ainda parece que foi ontem! A Saudade não l… Read More

30.Dez.2017
23.Dez.2017
cuidador cuidador 4 semanas ago

Este é o segundo Natal que passamos sem ti minha querida e não existem palavras que traduzam a dor e… Read More

23.Dez.2017

[powr-hit-counter id=318dad6f_1488655269924]

68: 07.Set.2016

Este foi o post inserido no passado dia 5 de Setembro:

Hoje, enviei uma queixa ao Provedor de Justiça nestes termos:

Minha esposa faleceu no passado dia 18 de Julho na urgência do hospital de São Francisco Xavier devido a choque séptico com falência respiratória, originado por úlceras na região sagrada e anca, com exposição óssea, devido a demência de Alzheimer que vinha desde há 4 anos atrás.

O processo para requerer Prestações por Morte foi enviado por carta registada a 24 de Agosto por quem se encarregou dessa tarefa embora tardiamente.

Dado o estado psicológico em que me encontro, não reparei que na nossa conta conjunta no Banco XXXXX tinha sido creditada o valor da pensão do mês de Agosto (€ 219,20), devido ao processo ter dado entrada depois de 10 de Agosto (a 24.Ago.2016).

Hoje, dia 5 de Setembro e quando ia pagar os meus compromissos mensais, deparei-me com um saldo de 20 euros devido à cobrança pelo Instituto de Segurança Social no valor de € 219,20.

Apenas pergunto se as contas bancárias estão a saque e qualquer entidade pode sacar, sem qualquer aviso prévio, valores que embora lhes pertençam, penso não ser esta a forma mais correcta de o fazerem. Um acerto de contas posterior seria o mais indicado para quem não possui saldos bancários de milhares de euros.

Apenas pretendo saber se esta situação é normal ou legal.

Veremos se no próximo dia 10 de Setembro, data de pagamento das pensões do Instituto de Segurança Social, a Pensão por Morte a que tenho direito será paga com a mesma rapidez com que foi sacada uma prestação indevidamente creditada.

Veremos qual a resposta do Provedor de Justiça. Entretanto, os compromissos não foram pagos e as consequências podem ir até penhoras sobre os valores não liquidados nas datas previstas. Desconhecia que estas entidades, sem qualquer aviso prévio ou envio de carta pedindo a liquidação de verbas indevidas, podiam SACAR de uma conta bancária sem que o visado tenha conhecimento a não ser após a concretização do facto.

Depois desta situação, terei de rever os meus procedimentos em ordem à minha conta bancária que apenas serve para receber a pensão e fazer os pagamentos da água, luz, gás e renda da casa.

(Actualização em 06.Set.2016):

Telefonei para o meu banco pedindo uma explicação sobre a legalidade do Instituto de Segurança Social poder entrar na minha conta bancária, sem minha autorização e/ou conhecimento e sacar uma verba que, embora tivesse sido creditada indevidamente, não é desta forma que a mesma se regulariza, e o assunto foi entregue à Provedoria do Cliente do Banco dado que quem me atendeu não saber se esta situação é legal mas é a primeira vez que acontece. Veremos ao longo do dia o desenrolar dos acontecimentos.

(Actualização em 07.Set.2016)

Enviei um e-mail ao meu banco nestes termos e sobre o assunto acima:

De: F Gomes
Enviada: terça-feira, 6 de Setembro de 2016 18:08
Para: Banco XXXXXX
Assunto: Pedido de informação

Boa tarde

Ontem, dia 5, ao pretender efectuar pagamentos de compromissos com vencimento nessa data, vi-me confrontado com um saldo de 20 euros.

Consultada a conta, verifiquei que existia uma cobrança a favor do Instituto de Segurança Social, no valor de € 219,20 com data de 5/9/16.

Tendo conhecimento deste assunto por telefonema de hoje pelas 09:50 horas com o sr. XXXXXX, pretendo saber quem autorizou este débito já que o mesmo não foi do meu conhecimento e/ou autorização.

Estando nesta data em incumprimento dos compromissos acima mencionados, pretendo saber com urgência se agora é normal este tipo de operações sem conhecimento do cliente ou se são legais essas operações.

Uma queixa já foi apresentada ao Provedor de Justiça sobre este assunto, sobre o procedimento do Instituto de Segurança Social.

Obrigado,

A resposta, hoje do banco foi a seguinte:

De: banco XXXXX
Enviada: 7 de setembro de 2016 09:03 a
Para: F Gomes
Cc:
Assunto: RE: Pedido de informação

Bom dia, Sr. Francisco Gomes,

O movimento foi lançado de forma automática e sem qualquer tipo de contato prévio, pois o mesmo foi apresentado sob a forma de cobrança de SDD (débito direto).

Existindo saldo em conta e não havendo nenhuma restrição carregada, o banco validou o débito.

Muito obrigado, ficando ao dispor para qualquer esclarecimento adicional

Melhores cumprimentos,

A minha resposta ao e-mail do banco:

RE: Pedido de informação
Data de envio: qua 07/09/2016 13:25
Para: Banco XXXXX

Boa tarde

Desconhecia que neste País, qualquer instituição poderia ordenar um débito directo (SDD) e o banco executá-lo de imediato, não tendo qualquer ordem do cliente nesse sentido.

Dadas as circunstâncias desta situação e no modo em que foram executadas, a partir de hoje tomarei providências em ordem à minha conta para que não aconteçam violações desta natureza porque isto, num Estado de Direito e entre pessoas de bem, nunca poderia acontecer.

Como lhe disse ontem por telefone, o correcto por parte da Segurança Social, em ordem a um crédito indevido, seria enviar-me uma notificação para proceder à regularização e devida reposição do valor creditado indevidamente até porque essa mesma “segurança” social terá de continuar a pagar-me mensalmente as pensões a que tenho direito. Incrível o que se está passando no meu País!

Cumprimentos,

Ou seja, a minha conta bancária encontra-se a SAQUE se uma qualquer entidade pública ou privada apresentar uma cobrança (débito directo) e não havendo restrição por parte do cliente, esta ser carregada…

É a esta coisa chamada Portugal que chamam regime “democrático”? Estado de Direito? Pessoas de Bem???

Eu gostaria que me saísse o €uromilhões não para virar rico mas para poder FUGIR deste País para terminar o que resta dos meus dias de vida bem longe dele…!

logo_transp_200

18.Jul.2016 - 18.Jan.2018

18.Jul.2016 – 18.Jan.2018

2 dias ago cuidador cuidador
Há 18 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no…
Read More
2 dias ago18.Jul.2016 – 18.Jan.2018
16.Jan.2018

16.Jan.2018

3 dias ago cuidador cuidador
Hoje, a mensagem é mais longa do que habitualmente, mas a data também é muito especial e merece refe…
Read More
3 dias ago16.Jan.2018
03.Jan.2018

03.Jan.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
Hoje, infelizmente, não pudemos levar um raminho de flores. O orçamento não "esticou" dado que o Est…
Read More
2 semanas ago03.Jan.2018
30.Dez.2017

30.Dez.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Mais um ano que passou, é o segundo após a tua partida e ainda parece que foi ontem! A Saudade não l…
Read More
3 semanas ago30.Dez.2017
23.Dez.2017

23.Dez.2017

4 semanas ago cuidador cuidador
Este é o segundo Natal que passamos sem ti minha querida e não existem palavras que traduzam a dor e…
Read More
4 semanas ago23.Dez.2017

[powr-hit-counter id=ae100334_1488655297038]

67: 07.Set.2016

Nano partículas encontradas no cérebro humano podem causar Alzheimer

Partículas minúsculas provavelmente resultantes da poluição atmosférica foram encontradas no cérebro humano, revela-se num novo estudo, segundo o qual estas nano partículas poderão contribuir para o desenvolvimento de doenças neuro degenerativas como o Alzheimer.

“Estes resultados sugerem que as nano partículas de magnetita presentes no ambiente podem penetrar no cérebro humano, onde podem representar um risco para a saúde”, escrevem os autores do estudo, citados pela agência AFP.

Cientistas externos ao estudo, publicado na revista norte-americana Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), alertam no entanto que é demasiado cedo para estabelecer uma ligação de causa e efeito com a doença de Alzheimer.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
06 | 09 | 2016 15.38H

logo_transp_200

18.Jul.2016 - 18.Jan.2018

18.Jul.2016 – 18.Jan.2018

2 dias ago cuidador cuidador
Há 18 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no…
Read More
2 dias ago18.Jul.2016 – 18.Jan.2018
16.Jan.2018

16.Jan.2018

3 dias ago cuidador cuidador
Hoje, a mensagem é mais longa do que habitualmente, mas a data também é muito especial e merece refe…
Read More
3 dias ago16.Jan.2018
03.Jan.2018

03.Jan.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
Hoje, infelizmente, não pudemos levar um raminho de flores. O orçamento não "esticou" dado que o Est…
Read More
2 semanas ago03.Jan.2018
30.Dez.2017

30.Dez.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Mais um ano que passou, é o segundo após a tua partida e ainda parece que foi ontem! A Saudade não l…
Read More
3 semanas ago30.Dez.2017
23.Dez.2017

23.Dez.2017

4 semanas ago cuidador cuidador
Este é o segundo Natal que passamos sem ti minha querida e não existem palavras que traduzam a dor e…
Read More
4 semanas ago23.Dez.2017

[powr-hit-counter id=1df6f1a5_1488655323153]