279: Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

Um grupo de cientistas da Universidade do Texas descobriu o “Big Bang” da doença de Alzheimer – o ponto exacto em que uma proteína saudável se torna tóxica, mas ainda não formou emaranhados mortais no cérebro. Podendo assim evitar o processo neuro degenerativo que leva à demência.

De acordo com os investigadores, esta descoberta é como encontrar o “Big Bang” da doença de Alzheimer e esperam que a pesquisa possa encontrar novos tratamentos e formas de diagnosticar a doença mais cedo, antes que apareçam os primeiros sintomas.

“Esta é, talvez, a maior descoberta que fizemos até agora”, disse Marc Diamond, um dos autores principais deste novo estudo em declarações ao New Atlas, “embora vá demorar provavelmente algum tempo até que qualquer benefício se materialize na medicina. Isso muda muito a forma como pensámos a doença.”

As mais recentes pesquisas sobre a doença de Alzheimer concentram-se numa proteína específica chamada de beta amilóide. A agregação desta proteína é apontada como a principal causa patológica dos sintomas desta doença neuro-degenerativa.

No entanto, e depois de várias falhas nos testes clínicos em medicamentos destinados a atacar esta proteína, os cientistas estão a direccionar a atenção para outras pesquisas.

Este novo estudo, publicado esta terça-feira na eLife, concentra-se numa proteína diferente, a proteína tau. A pesquisa descobriu que estas proteínas formam aglomerados anormais no cérebro – os emaranhados neurofibrilares – que pode acumular e até matar neurónios. Alguns investigadores acreditam mesmo que esta é a principal causa da doença de Alzheimer.

Até agora, não se sabia como ou quando é que estas proteínas tau se começavam a acumular em emaranhados no cérebro. Anteriormente acreditava-se que estas proteínas isoladas não tinham um papel prejudicial até que se começassem a juntar a outras proteínas tau.

No entanto, a nova pesquisa revelou que uma proteína tau tóxica apresenta-se, na verdade, de forma desdobrada, expondo partes que geralmente são dobradas no interior, antes de se começarem a agregar. São estas partes expostas da proteína que permitem a agregação, formando os maiores emaranhados tóxicos.

“Pensamos nesta descoberta como o “Big Bang” da patologia tau”, disse Diamond. “Esta é uma forma de olhar para o início do processo da doença. Isso leva-nos de volta a um ponto inicial, onde vemos o aparecimento da primeira mudança molecular que leva à neuro degeneração na doença de Alzheimer.”

Agora que esta alteração das moléculas tau foi identificada, os cientistas podem concentrar-se mais efectivamente em possíveis medicamentos que possam inibir estas agregações tóxicas ainda em fases iniciais.

“O desafio passa por pegar nesta descoberta e construir um tratamento que bloqueia o processo de neuro degeneração onde começa. Se funcionar, a incidência da doença de Alzheimer pode ser substancialmente reduzida. E isso seria incrível”, concluiu.

Por ZAP
12 Julho, 2018

Agora, resta saber se os grandes grupos farmacêuticos vão deixar ir para a frente essa descoberta, face à perda do negócio de venda de medicamentos utilizados na doença de Alzheimer…

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

4 dias ago cuidador cuidador
Um grupo de cientistas da Universidade do Texas descobriu o “Big Bang” da doença de Alzheimer – o…
Read More
4 dias agoCientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer
09.Jul.2018

09.Jul.2018

1 semana ago cuidador cuidador
A Vera está de férias e por isso estamos a visitar a nossa querida às segundas-feiras em vez de aos…
Read More
1 semana ago09.Jul.2018
03.Jul.2018

03.Jul.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
  No passado sábado e devido ao tempo chuvoso, não fomos à habitual visita à campa da Tina. Ma…
Read More
2 semanas ago03.Jul.2018
Acerca de cedência de espaços públicos...

Acerca de cedência de espaços públi…

2 semanas ago cuidador cuidador
... para donzelas pop (Madona) e a diferença em ser um cidadão vulgar que apenas serve para contribuir a pagar impostos e mais impostos. Ainda minha esposa era viva e frequentava um Centro de Dia da…
Read More
2 semanas agoAcerca de cedência de espaços públi…
23.Jun.2018

23.Jun.2018

3 semanas ago cuidador cuidador
Antes da publicação sobre a nossa visita de hoje à campa da nossa querida Tina, não posso deixar pas…
Read More
3 semanas ago23.Jun.2018

[powr-hit-counter id=1ec4bd20_1531402470580]

277: 03.Jul.2018

 

No passado sábado e devido ao tempo chuvoso, não fomos à habitual visita à campa da Tina. Mas hoje, embora com o céu carregado de nuvens (parece que estamos no Inverno), fomos porque a Vera ontem tinha comprado um raminho de flores. Aqui ficam as imagens da visita de hoje.

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

4 dias ago cuidador cuidador
Um grupo de cientistas da Universidade do Texas descobriu o “Big Bang” da doença de Alzheimer – o…
Read More
4 dias agoCientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer
09.Jul.2018

09.Jul.2018

1 semana ago cuidador cuidador
A Vera está de férias e por isso estamos a visitar a nossa querida às segundas-feiras em vez de aos…
Read More
1 semana ago09.Jul.2018
03.Jul.2018

03.Jul.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
  No passado sábado e devido ao tempo chuvoso, não fomos à habitual visita à campa da Tina. Ma…
Read More
2 semanas ago03.Jul.2018
Acerca de cedência de espaços públicos...

Acerca de cedência de espaços públi…

2 semanas ago cuidador cuidador
... para donzelas pop (Madona) e a diferença em ser um cidadão vulgar que apenas serve para contribuir a pagar impostos e mais impostos. Ainda minha esposa era viva e frequentava um Centro de Dia da…
Read More
2 semanas agoAcerca de cedência de espaços públi…
23.Jun.2018

23.Jun.2018

3 semanas ago cuidador cuidador
Antes da publicação sobre a nossa visita de hoje à campa da nossa querida Tina, não posso deixar pas…
Read More
3 semanas ago23.Jun.2018

[powr-hit-counter id=cae09bbd_1530631174304]

Acerca de cedência de espaços públicos…

… para donzelas pop (Madona) e a diferença em ser um cidadão vulgar que apenas serve para contribuir a pagar impostos e mais impostos.

Ainda minha esposa era viva e frequentava um Centro de Dia da Santa Casa para aliviar as minhas tarefas domésticas e descansar um pouco de noites e noites perdidas com a(s) doença(s) dela, solicitei à C.M.L., nem que fosse a pagar, um espaço de estacionamento em frente à porta do prédio onde resido, para a carrinha da Santa Casa que a vinha buscar de manhã e trazê-la à tarde poder estacionar pelos CINCO MINUTOS que levava a operação.

A resposta da C.M.L. foi de que este local não tinha condições para estacionamento. No entanto, os passeios de um e outro lado da rua estão pejados de latas com quatro e duas rodas, 24 horas por dia, sem que se cumpram os artigos 48º. e 49º. do Código da Estrada e a polícia passe indiferente sem autuar os infractores.

Mas porque é a D. Madona, já se conseguem QUINZE ESPAÇOS para viaturas dela e das obras da casa onde reside (ou vai residir), dizem eles que TEMPORARIAMENTE, nua rua (Janelas Verdes) sem espaços para estacionamento.

É esta a enorme, a cósmica diferença entre uma vedeta pop com muita massa e um cidadão que vive da sua miserável reforma e ainda tem de pagar impostos, ficando este ano sem DOIS SUBSÍDIOS (férias e natal), para pagar o IRS de 2017.

Nem o actual presidente da República, nem o actual primeiro-ministro, se dignaram responder aos e-mails que lhes enviei sobre este assunto. Para quê? Interessa mais ir à Rússia ver a bola à conta dos contribuintes, ou aos states fazer nada de positivo para o país, passear, tirar selfies, comer e beber à conta do orçamento e viva a festa!

Triste país este onde infelizmente tenho de acabar os meus dias…

Câmara e Madonna acordam verbalmente empréstimo de estacionamento

https://www.dn.pt/portugal/interior/cml-empresta-estacionamento-a-equipa-de-madonna-9532364.html?utm_source=dn.pt&utm_medium=recomendadas&utm_campaign=afterArticle&_ga=2.104637056.1284330569.1528816722-1528620081.1527463758

30/06/2018

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

4 dias ago cuidador cuidador
Um grupo de cientistas da Universidade do Texas descobriu o “Big Bang” da doença de Alzheimer – o…
Read More
4 dias agoCientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer
09.Jul.2018

09.Jul.2018

1 semana ago cuidador cuidador
A Vera está de férias e por isso estamos a visitar a nossa querida às segundas-feiras em vez de aos…
Read More
1 semana ago09.Jul.2018
03.Jul.2018

03.Jul.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
  No passado sábado e devido ao tempo chuvoso, não fomos à habitual visita à campa da Tina. Ma…
Read More
2 semanas ago03.Jul.2018
Acerca de cedência de espaços públicos...

Acerca de cedência de espaços públi…

2 semanas ago cuidador cuidador
... para donzelas pop (Madona) e a diferença em ser um cidadão vulgar que apenas serve para contribuir a pagar impostos e mais impostos. Ainda minha esposa era viva e frequentava um Centro de Dia da…
Read More
2 semanas agoAcerca de cedência de espaços públi…
23.Jun.2018

23.Jun.2018

3 semanas ago cuidador cuidador
Antes da publicação sobre a nossa visita de hoje à campa da nossa querida Tina, não posso deixar pas…
Read More
3 semanas ago23.Jun.2018

[powr-hit-counter id=df79db82_1530403407459]

275: 23.Jun.2018

Antes da publicação sobre a nossa visita de hoje à campa da nossa querida Tina, não posso deixar passar em claro uma situação que considero anómala dado que afinal existe xenofobia ou racismo ou lá como lhe queiram chamar, tanto se me dá, sobre quem é quem e a que raça pertence.

Ou seja, a Tina foi enterrada vai fazer no próximo dia 18 de Julho dois anos. Na altura, solicitámos eu e a Vera a um profissional do ramo de arranjos de campas para tratar de colocar uma cercadura à volta da Campa e uma lápide com o retrato da Tina e a mensagem que habitualmente se utiliza nestes casos.

Fomos informados que a única cobertura sobre a campa que autorizam, neste caso, a C.M.L., é a de cascalho. Em duas campas do talhão onde se encontra a Tina, estão cobertas por pedrinhas brancas o que dá um certo ar de libertação sentimental ao contrário do cascalho castanho que lembra a própria terra.

Assim que cheguei a casa telefonei ao profissional que arranjou a campa da Tina sobre a colocação de pedrinhas brancas e ele disse-me que era proibido e que essas campas estavam sujeitas a que um fiscal da câmara as mandasse retirar, mas ele também disse que se calhar não as retiram porque são campas de ciganos.

Ora aqui é que reside a xenofobia ou o racismo da questão, ou seja, se os ciganos, contra a lei, podem colocar pedrinhas brancas nas campas dos seus entes queridos, porque razão quem não é cigano – que é a enorme maioria -, não pode?

Fiquemos por aqui.

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

4 dias ago cuidador cuidador
Um grupo de cientistas da Universidade do Texas descobriu o “Big Bang” da doença de Alzheimer – o…
Read More
4 dias agoCientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer
09.Jul.2018

09.Jul.2018

1 semana ago cuidador cuidador
A Vera está de férias e por isso estamos a visitar a nossa querida às segundas-feiras em vez de aos…
Read More
1 semana ago09.Jul.2018
03.Jul.2018

03.Jul.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
  No passado sábado e devido ao tempo chuvoso, não fomos à habitual visita à campa da Tina. Ma…
Read More
2 semanas ago03.Jul.2018
Acerca de cedência de espaços públicos...

Acerca de cedência de espaços públi…

2 semanas ago cuidador cuidador
... para donzelas pop (Madona) e a diferença em ser um cidadão vulgar que apenas serve para contribuir a pagar impostos e mais impostos. Ainda minha esposa era viva e frequentava um Centro de Dia da…
Read More
2 semanas agoAcerca de cedência de espaços públi…
23.Jun.2018

23.Jun.2018

3 semanas ago cuidador cuidador
Antes da publicação sobre a nossa visita de hoje à campa da nossa querida Tina, não posso deixar pas…
Read More
3 semanas ago23.Jun.2018

[powr-hit-counter id=ddd53206_1529764964090]

263: 28.Abr.2018

Hoje, fiz a visita que tinha falhado na semana passada por causa do tempo, como por motivos de saúde. Fui com a Vera que comprou um raminho de flores para substituir as murchas e atingidas pelas chuvas que entretanto caíram. Ficam as imagens:

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

4 dias ago cuidador cuidador
Um grupo de cientistas da Universidade do Texas descobriu o “Big Bang” da doença de Alzheimer – o…
Read More
4 dias agoCientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer
09.Jul.2018

09.Jul.2018

1 semana ago cuidador cuidador
A Vera está de férias e por isso estamos a visitar a nossa querida às segundas-feiras em vez de aos…
Read More
1 semana ago09.Jul.2018
03.Jul.2018

03.Jul.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
  No passado sábado e devido ao tempo chuvoso, não fomos à habitual visita à campa da Tina. Ma…
Read More
2 semanas ago03.Jul.2018
Acerca de cedência de espaços públicos...

Acerca de cedência de espaços públi…

2 semanas ago cuidador cuidador
... para donzelas pop (Madona) e a diferença em ser um cidadão vulgar que apenas serve para contribuir a pagar impostos e mais impostos. Ainda minha esposa era viva e frequentava um Centro de Dia da…
Read More
2 semanas agoAcerca de cedência de espaços públi…
23.Jun.2018

23.Jun.2018

3 semanas ago cuidador cuidador
Antes da publicação sobre a nossa visita de hoje à campa da nossa querida Tina, não posso deixar pas…
Read More
3 semanas ago23.Jun.2018

[powr-hit-counter id=ef7cafc9_1524925070252]

257: É barato, vende-se sem receita e pode evitar o Alzheimer

Auntie P / Flickr

Uma equipa de pesquisa liderada pelo neuro-cientista Patrick McGeer sugere que um regime diário de anti-inflamatórios não-esteróides, como o ibuprofeno, pode prevenir o início do Alzheimer.

Isso significa que, ao tomar um remédio que é vendido sem receita médica diariamente, as pessoas podem evitar uma doença que é a quinta principal causa de morte em pessoas com 65 anos ou mais.

De acordo com o Alzheimer’s Disease International, a condição afecta cerca de 47 milhões de pessoas em todo o mundo, custando aos sistemas de saúde globais mais de 818 mil milhões de reais – perto de 200 mil milhões de euros.

McGeer é presidente e director executivo da Aurin Biotech, empresa com sede em Vancouver. Ele e a esposa, Edith McGeer, estão entre os neuro-cientistas mais citados no mundo. O seu laboratório é reconhecido mundialmente por 30 anos de trabalho em neuro-inflamação e doenças neuro-degenerativas, particularmente Alzheimer.

Um artigo que detalha as suas descobertas mais recentes foi publicado na revista científica Journal of Alzheimer’s Disease.

Em 2016, o médico e a sua equipa anunciaram ter desenvolvido um teste simples de saliva que pode diagnosticar a doença de Alzheimer, bem como prever o seu início. O teste baseia-se na medição da concentração da proteína beta amilóide peptídica 42 (Abeta42), secretada na saliva.

Todas as pessoas, independentemente do sexo ou da idade, produzem mais ou menos a mesma taxa de Abeta42. Se essa taxa de produção for duas a três vezes maior do que a média, esses indivíduos estão destinados a desenvolver Alzheimer.

Isso acontece porque o Abeta42 é um material relativamente insolúvel e, embora seja produzido em todo o corpo, os depósitos acumulam-se apenas no cérebro, causando neuro-inflamação e destruindo neurónios.

Ao contrário da crença generalizada de que o Abeta42 era produzido apenas no cérebro, a equipa de McGeer demonstrou que o peptídeo é produzido em todos os órgãos do corpo e é secretado na saliva pela glândula sub-mandibular.

Como resultado, com apenas uma colher de chá de saliva, é possível prever se um indivíduo terá Alzheimer, mesmo antes os sintomas aparecerem.

Isso, por sua vez, dá-lhes a oportunidade de tomar medidas preventivas precoces, como o consumo de medicamentos como o ibuprofeno.

“O que aprendemos com a nossa pesquisa é que as pessoas que estão em risco de desenvolver Alzheimer exibem os mesmos níveis elevados de Abeta42 que as pessoas que já têm a doença. Além disso, exibem esses níveis elevados durante toda a vida e, teoricamente, podem ser testados a qualquer momento. Sabendo que a prevalência de Alzheimer começa aos 65 anos, recomendamos que as pessoas sejam testadas dez anos antes, aos 55 anos. Se apresentam níveis elevados de Abeta42, então é a hora para começar a tomar o ibuprofeno diário”, explicou McGeer.

A maioria dos ensaios clínicos até hoje concentraram-se em pacientes que já possuíam défices cognitivos, de leves a graves. Como resultado, nenhum conseguiu evitar a progressão da doença.

De acordo com o médico, a sua descoberta vem mudar as regras do jogo.

“Temos agora um teste simples que pode indicar se uma pessoa está destinada a desenvolver a doença de Alzheimer muito antes de começar a desenvolver-se. Os indivíduos podem impedir que isso aconteça através de uma solução simples que não requer receita médica ou visita a um médico. Isso é um verdadeiro avanço, pois aponta numa direcção em que o Alzheimer pode eventualmente ser eliminado“, afirmou.

Os cientistas alertam, no entanto, que os resultados deste estudo não significam que deva começar a tomar um medicamento diariamente por conta própria. Se tem dúvidas quanto à sua saúde, consulte um especialista.

ZAP // HypeScience

Por HS
30 Março, 2018

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

4 dias ago cuidador cuidador
Um grupo de cientistas da Universidade do Texas descobriu o “Big Bang” da doença de Alzheimer – o…
Read More
4 dias agoCientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer
09.Jul.2018

09.Jul.2018

1 semana ago cuidador cuidador
A Vera está de férias e por isso estamos a visitar a nossa querida às segundas-feiras em vez de aos…
Read More
1 semana ago09.Jul.2018
03.Jul.2018

03.Jul.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
  No passado sábado e devido ao tempo chuvoso, não fomos à habitual visita à campa da Tina. Ma…
Read More
2 semanas ago03.Jul.2018
Acerca de cedência de espaços públicos...

Acerca de cedência de espaços públi…

2 semanas ago cuidador cuidador
... para donzelas pop (Madona) e a diferença em ser um cidadão vulgar que apenas serve para contribuir a pagar impostos e mais impostos. Ainda minha esposa era viva e frequentava um Centro de Dia da…
Read More
2 semanas agoAcerca de cedência de espaços públi…
23.Jun.2018

23.Jun.2018

3 semanas ago cuidador cuidador
Antes da publicação sobre a nossa visita de hoje à campa da nossa querida Tina, não posso deixar pas…
Read More
3 semanas ago23.Jun.2018

[powr-hit-counter id=a31deac7_1522441829652]

 

254: 11.Mar.2017

Dado o mau tempo que se tem feito sentir, ontem, dia da nossa habitual visita à campa da nossa querida Tina, não foi possível. Hoje, o dia começou com Sol, depois veio novamente a chuva e também para mal dos meus pecados, acordei às 05:00 horas da madrugada com o hardware avariado…

Já recuperado mas o tempo não ajuda e não me encontro em condições de por os chips a trabalhar e ir para a rua… A nossa querida, onde quer que esteja, compreenderá estes motivos e as flores que a Vera tinha comprado ficam  de molho até ao próximo sábado se tudo correr bem.

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

4 dias ago cuidador cuidador
Um grupo de cientistas da Universidade do Texas descobriu o “Big Bang” da doença de Alzheimer – o…
Read More
4 dias agoCientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer
09.Jul.2018

09.Jul.2018

1 semana ago cuidador cuidador
A Vera está de férias e por isso estamos a visitar a nossa querida às segundas-feiras em vez de aos…
Read More
1 semana ago09.Jul.2018
03.Jul.2018

03.Jul.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
  No passado sábado e devido ao tempo chuvoso, não fomos à habitual visita à campa da Tina. Ma…
Read More
2 semanas ago03.Jul.2018
Acerca de cedência de espaços públicos...

Acerca de cedência de espaços públi…

2 semanas ago cuidador cuidador
... para donzelas pop (Madona) e a diferença em ser um cidadão vulgar que apenas serve para contribuir a pagar impostos e mais impostos. Ainda minha esposa era viva e frequentava um Centro de Dia da…
Read More
2 semanas agoAcerca de cedência de espaços públi…
23.Jun.2018

23.Jun.2018

3 semanas ago cuidador cuidador
Antes da publicação sobre a nossa visita de hoje à campa da nossa querida Tina, não posso deixar pas…
Read More
3 semanas ago23.Jun.2018

[powr-hit-counter id=a3788b0f_1520779448105]

250: 10.Fev.2018

Visita semanal à campa da nossa querida Tina. As flores da semana passada e anteriores mantêm-se frescas com excepção de duas ou três que estavam partidas e alguma verdura mais seca, obra da gataria que deambula pelo cemitério e urinam para cima das campas, cavam buracos no cascalho que cobre as campas…

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

4 dias ago cuidador cuidador
Um grupo de cientistas da Universidade do Texas descobriu o “Big Bang” da doença de Alzheimer – o…
Read More
4 dias agoCientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer
09.Jul.2018

09.Jul.2018

1 semana ago cuidador cuidador
A Vera está de férias e por isso estamos a visitar a nossa querida às segundas-feiras em vez de aos…
Read More
1 semana ago09.Jul.2018
03.Jul.2018

03.Jul.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
  No passado sábado e devido ao tempo chuvoso, não fomos à habitual visita à campa da Tina. Ma…
Read More
2 semanas ago03.Jul.2018
Acerca de cedência de espaços públicos...

Acerca de cedência de espaços públi…

2 semanas ago cuidador cuidador
... para donzelas pop (Madona) e a diferença em ser um cidadão vulgar que apenas serve para contribuir a pagar impostos e mais impostos. Ainda minha esposa era viva e frequentava um Centro de Dia da…
Read More
2 semanas agoAcerca de cedência de espaços públi…
23.Jun.2018

23.Jun.2018

3 semanas ago cuidador cuidador
Antes da publicação sobre a nossa visita de hoje à campa da nossa querida Tina, não posso deixar pas…
Read More
3 semanas ago23.Jun.2018

[powr-hit-counter id=3e778fa3_1518273770516]

248: 27.Jan.2018

Visita semanal à campa da Tina, hoje levámos um ramo de túlipas lindas. As rosas da semana passada e o raminho de há duas semanas ainda estavam viçosas e ficaram a fazer companhia às túlipas.

[powr-hit-counter id=69745ca7_1517059907032]

240: 17.Dez.2017

A senhoria do prédio onde residimos há cerca de 19 anos, é emigrante em França. Esteve cá durante uns dias para tratar de assuntos relacionados com o prédio e hoje foi-se embora, deixando umas lembranças para mim e para a Vera, entre elas este lindo ramo de flores que amanhã irei colocar na tua campa, minha querida.

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

Cientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer

4 dias ago cuidador cuidador
Um grupo de cientistas da Universidade do Texas descobriu o “Big Bang” da doença de Alzheimer – o…
Read More
4 dias agoCientistas descobrem o “Big Bang” do Alzheimer
09.Jul.2018

09.Jul.2018

1 semana ago cuidador cuidador
A Vera está de férias e por isso estamos a visitar a nossa querida às segundas-feiras em vez de aos…
Read More
1 semana ago09.Jul.2018
03.Jul.2018

03.Jul.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
  No passado sábado e devido ao tempo chuvoso, não fomos à habitual visita à campa da Tina. Ma…
Read More
2 semanas ago03.Jul.2018
Acerca de cedência de espaços públicos...

Acerca de cedência de espaços públi…

2 semanas ago cuidador cuidador
... para donzelas pop (Madona) e a diferença em ser um cidadão vulgar que apenas serve para contribuir a pagar impostos e mais impostos. Ainda minha esposa era viva e frequentava um Centro de Dia da…
Read More
2 semanas agoAcerca de cedência de espaços públi…
23.Jun.2018

23.Jun.2018

3 semanas ago cuidador cuidador
Antes da publicação sobre a nossa visita de hoje à campa da nossa querida Tina, não posso deixar pas…
Read More
3 semanas ago23.Jun.2018

[powr-hit-counter id=c5b31670_1513605297181]