169: 05.Mar.2017

Ontem e hoje não fomos visitar a Tina ao cemitério como fazemos habitualmente todos os Sábados.

Tenho andado psicologicamente muito em baixo, não só resultado do sentir a ausência da Tina, da saudade, da falta de companhia de 52 anos consecutivos de vivência, exceptuando os quase dois anos que estive na guerra colonial, como também da ausência dos pseudo-familiares e dos pseudo-amigos que nem uma palavra de conforto recebo.

Cada vez que vou ao cemitério, saio de lá de rastos e ir neste estado em que me encontro, não seria nada benéfico. Talvez para o meio da semana e se o tempo também ajudar, vou tentar visitar a Tina e ver como estão as flores e a campa dado que choveu bastante nos últimos dias desta semana.

Onde ela se encontra, sabe que esta ausência não significa esquecimento ou abandono, mas sim o retemperar de forças. Falo apenas por mim.

Também ontem enviei novo e-mail à Ordem dos Médicos a saber se a minha queixa tinha sido arquivada ou o estado em que se encontra, porque desde JUNHO do ano passado, não obtive qualquer resposta.

25.Mar.2017
cuidador cuidador 4 dias ago

Hoje, foi dia de mais uma visita à campa da Tina. Estava com um certo receio por causa do tempo (ont… Read More

25.Mar.2017
18.Mar.2017 - 8 meses de eterna saudade
cuidador cuidador 2 semanas ago

Faz hoje oito meses que partiste, deixando-nos com uma Saudade sem fim e uma dor incurável. Logo, i… Read More

18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade
Pulseiras "Estou Aqui Adultos!" a partir do dia 20 de Março
cuidador cuidador 2 semanas ago

Programa é alargado a todo o país e permite, em caso de emergência, entrar em contacto com familiare… Read More

Pulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…
11.Mar.2016
cuidador cuidador 3 semanas ago

Esta semana não falhou como a semana passada. As flores estavam quase todas em ordem, a Vera removeu… Read More

11.Mar.2016
05.Mar.2017
cuidador cuidador 3 semanas ago

Ontem e hoje não fomos visitar a Tina ao cemitério como fazemos habitualmente todos os Sábados. Ten… Read More

05.Mar.2017

[powr-hit-counter id=0a184055_1488727581634]

168: 25.Fev.2017

Mais um dia de visita à campa da Tina. As flores de sábado passado ainda estavam boas mas, como sempre, levámos um raminho novo. Continuo a verificar que, passados que foram sete meses desde o seu falecimento, a família da Tina, nomeadamente irmãos e irmãs, ainda não se dignaram fazer-lhe uma visita e colocar-lhe uma flor na sua última morada. Para quem afirmava que tinha um grupinho em que se ajudavam uns aos outros (irmãos), sempre que necessário, foi só conversa da treta. Ou então estivemos sempre excluídos dessa “ajuda”… Ficam as imagens de hoje:

25.Mar.2017

25.Mar.2017

4 dias ago cuidador cuidador
Hoje, foi dia de mais uma visita à campa da Tina. Estava com um certo receio por causa do tempo (ont…
Read More
4 dias ago25.Mar.2017
18.Mar.2017 - 8 meses de eterna saudade

18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade

2 semanas ago cuidador cuidador
Faz hoje oito meses que partiste, deixando-nos com uma Saudade sem fim e uma dor incurável. Logo, i…
Read More
2 semanas ago18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade
Pulseiras "Estou Aqui Adultos!" a partir do dia 20 de Março

Pulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…

2 semanas ago cuidador cuidador
Programa é alargado a todo o país e permite, em caso de emergência, entrar em contacto com familiare…
Read More
2 semanas agoPulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…
11.Mar.2016

11.Mar.2016

3 semanas ago cuidador cuidador
Esta semana não falhou como a semana passada. As flores estavam quase todas em ordem, a Vera removeu…
Read More
3 semanas ago11.Mar.2016
05.Mar.2017

05.Mar.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Ontem e hoje não fomos visitar a Tina ao cemitério como fazemos habitualmente todos os Sábados. Ten…
Read More
3 semanas ago05.Mar.2017

[powr-hit-counter id=cda9e8ac_1488032605041]

167: 21.Fev.2017

Na qualidade de cuidador de minha filha Vera, diabética insulina-dependente há 16 anos e com graves crises de coma hipoglicémico, venho alertar para um equipamento que se encontra à venda apenas online, não distribuído pelas farmácias, nem comparticipado pelo Estado português.

Refiro-me ao FreeStyle Libre dos laboratórios Abbott.

Este equipamento supostamente substituiria as tradicionais palhetas e o sempre indesejável pica no dedo para extrair uma gota de sangue que será recolhido pela palheta inserida no medidor e que dará o valor de glicémia na altura.

Não existe dúvida quanto à praticabilidade deste sistema, bastando passar com o equipamento pelo sensor (que se encontra inserido no braço) e obterá uma leitura dos valores glicémicos, tendo depois acesso, via aplicação própria e através de uma ligação ao PC, do histórico das medições diárias em gráfico.

Mas o problema – e existe sempre um senão -, são de ordem económica e fiabilidade das leituras. Concluí hoje um teste que me deu a resposta que desde o início me intrigava, ou seja, fui informado pela Abbott, em contacto telefónico efectuado, que o equipamento apenas fazia leituras de valores acima dos 40.

Logo aqui, existe uma limitação que, no caso da minha filha e possivelmente no de muitos outros diabéticos, existem leituras abaixo desses valores, sendo que podem ir dos 20 aos 40, valor a partir da qual o FreeStyle Libre começa a informar valores e, abaixo disso (40) apenas menciona LO (baixo).

Ora, a mim não me interessa absolutamente nada a informação de LO porque necessito concretamente de saber quais os valores reais que minha filha apresenta dado que, em algumas vezes, tenho de chamar o INEM ao domicílio para lhe ser injectada glucose na veia e a primeira coisa que eles pedem são os valores e não lhes vou dizer LO, quando ela está inconsciente e sem poder recuperá-la pelas formas tradicionais da papa de açúcar na bochecha ou até inserir-lhe na boca uma ampola de 20 ml de Glucose a 30%, solução esta injectável via intravenosa mas que também pode ser administrada oralmente.

Para exemplo desta situação, apresento de seguida um quadro dos últimos dias de medições:

Dia 01.02.2017: leitura FreeStyle Libre=LO; leitura palhetas=40 (devia acusar)
Dia 04.02.2017: leitura FreeStyle Libre=LO; leitura palhetas=32
Dia 08.02.2017: leitura FreeStyle Libre=LO; leitura palhetas=38
Dia 13.02.2017: leitura FreeStyle Libre=LO; leitura palhetas=43 (acima de 40)
Dia 21.02.2017 (04:30 horas): leitura FreeStyle Libre=LO; leitura palhetas=50 (acima de 40)
Dia 21.02.2017 (06:40 horas): leitura FreeStyle Libre=423; leitura palhetas=368

Neste caso, por três vezes neste mês, o equipamento FreeStyle Libre não acusou valores acima dos 40 e sendo este um instrumento electrónico, não posso admitir que exista inexactidão neste tipo de leituras. De notar que hoje, na segunda medição e quando minha filha se levantou, o FreeStyle Libre marcava 423 e logo de imediato com o pica no dedo, o equipamento das palhetas indicava 368.

A segunda questão reside na aquisição dos sensores que apenas duram para 14 dias cada um e custam, portes incluídos, € 65,85, ou seja, a cada 28 dias o desembolso é de € 131,70 que não estará ao alcance de muitos orçamentos familiares mais reduzidos.

Seria excelente se:

01.- Este equipamento tivesse uma precisão electrónica mais fiável e com leituras abaixo dos 40 (que nem sempre são);
02.- Fosse mais económico ou comparticipado pelo Estado como é a insulina e outros produtos para diabéticos;
03.- Estivesse distribuído pelas farmácias porque quem não tem Net e/ou cartão de crédito (únicas formas de encomendar), não poderá efectuar a encomenda (utilizo o MbNet que é um cartão de crédito independente ligado à conta bancária e que é requisitado na hora e válido apenas para essa compra).

Aqui fica o aviso para quem for diabético e desconheça estes pormenores que são valiosos na hora de pretender adquirir o equipamento (custo inicial – leitor e sensor = € 169,90 (+ portes de envio).

25.Mar.2017

25.Mar.2017

4 dias ago cuidador cuidador
Hoje, foi dia de mais uma visita à campa da Tina. Estava com um certo receio por causa do tempo (ont…
Read More
4 dias ago25.Mar.2017
18.Mar.2017 - 8 meses de eterna saudade

18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade

2 semanas ago cuidador cuidador
Faz hoje oito meses que partiste, deixando-nos com uma Saudade sem fim e uma dor incurável. Logo, i…
Read More
2 semanas ago18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade
Pulseiras "Estou Aqui Adultos!" a partir do dia 20 de Março

Pulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…

2 semanas ago cuidador cuidador
Programa é alargado a todo o país e permite, em caso de emergência, entrar em contacto com familiare…
Read More
2 semanas agoPulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…
11.Mar.2016

11.Mar.2016

3 semanas ago cuidador cuidador
Esta semana não falhou como a semana passada. As flores estavam quase todas em ordem, a Vera removeu…
Read More
3 semanas ago11.Mar.2016
05.Mar.2017

05.Mar.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Ontem e hoje não fomos visitar a Tina ao cemitério como fazemos habitualmente todos os Sábados. Ten…
Read More
3 semanas ago05.Mar.2017

[powr-hit-counter id=58ad08e0_1487693038529]

166: 19.Fev.2017

Faz hoje sete meses que foste a enterrar. Deixaste um manto infinito de saudade, de dor, de angústia, de pesar. Os dias têm custado muito a passar e especialmente nestes dias, ainda mais.

Descansa em Paz querida. Nunca te esqueceremos pelo que foste como Mulher fantástica, como Mãe extremosa, como Avó dedicada e como Esposa carinhosa.

18072016_04

25.Mar.2017

25.Mar.2017

4 dias ago cuidador cuidador
Hoje, foi dia de mais uma visita à campa da Tina. Estava com um certo receio por causa do tempo (ont…
Read More
4 dias ago25.Mar.2017
18.Mar.2017 - 8 meses de eterna saudade

18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade

2 semanas ago cuidador cuidador
Faz hoje oito meses que partiste, deixando-nos com uma Saudade sem fim e uma dor incurável. Logo, i…
Read More
2 semanas ago18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade
Pulseiras "Estou Aqui Adultos!" a partir do dia 20 de Março

Pulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…

2 semanas ago cuidador cuidador
Programa é alargado a todo o país e permite, em caso de emergência, entrar em contacto com familiare…
Read More
2 semanas agoPulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…
11.Mar.2016

11.Mar.2016

3 semanas ago cuidador cuidador
Esta semana não falhou como a semana passada. As flores estavam quase todas em ordem, a Vera removeu…
Read More
3 semanas ago11.Mar.2016
05.Mar.2017

05.Mar.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Ontem e hoje não fomos visitar a Tina ao cemitério como fazemos habitualmente todos os Sábados. Ten…
Read More
3 semanas ago05.Mar.2017

[powr-hit-counter id=6997a663_1487509436184]

156: 07.Jan.2017

Desactivei a minha Página no Facebook, referente a este Blogue, assim como desactivei todas as outras Páginas que possuía naquela rede social dado que cheguei a um ponto em que me fartei de certo tipo de atitudes e comportamentos, virtuais ou não, em ordem à minha pessoa.

Cheguei a um ponto da vida em que não tenho de me preocupar sobre o que pensam de mim. Não gostam? Sou muito frontal? Digo e/ou escrevo coisas que não deveria dizer e/ou escrever? Paciência!

Não posso é permitir que reinem hipocrisias em situações directamente conotadas com os meus sentimentos, com as minhas atitudes, com todos os pressupostos de uma vivência saudável, amigável, predominantemente de entreajuda sempre que possa, porque sendo sempre de minha iniciativa contactos, saudações, preocupações com terceiros, penso que chegou o tempo de terminar essa atitude dado que não existe o mesmo tipo de feedback (retorno).

Hoje, fui com a Vera visitar a Tina e efectuámos a limpeza da campa, retirada de flores mais antigas, colocação de um novo raminho, água fresca e um beijinho de profunda Saudade quando nos viemos embora.

25.Mar.2017

25.Mar.2017

4 dias ago cuidador cuidador
Hoje, foi dia de mais uma visita à campa da Tina. Estava com um certo receio por causa do tempo (ont…
Read More
4 dias ago25.Mar.2017
18.Mar.2017 - 8 meses de eterna saudade

18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade

2 semanas ago cuidador cuidador
Faz hoje oito meses que partiste, deixando-nos com uma Saudade sem fim e uma dor incurável. Logo, i…
Read More
2 semanas ago18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade
Pulseiras "Estou Aqui Adultos!" a partir do dia 20 de Março

Pulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…

2 semanas ago cuidador cuidador
Programa é alargado a todo o país e permite, em caso de emergência, entrar em contacto com familiare…
Read More
2 semanas agoPulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…
11.Mar.2016

11.Mar.2016

3 semanas ago cuidador cuidador
Esta semana não falhou como a semana passada. As flores estavam quase todas em ordem, a Vera removeu…
Read More
3 semanas ago11.Mar.2016
05.Mar.2017

05.Mar.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Ontem e hoje não fomos visitar a Tina ao cemitério como fazemos habitualmente todos os Sábados. Ten…
Read More
3 semanas ago05.Mar.2017

[powr-hit-counter id=c121ec92_1483804810667]

154: 31.Dez.2016

Mais um ano que termina hoje, deixando terríveis lembranças – passadas e presentes -, na minha memória.

Partiste há cinco meses e meio deixando um completo vazio no meu coração, não de Amor, mas de Saudade, de Tristeza, de Angústia, de Pesar, um vazio completo. Porque tu fazias parte da minha vida, eras parte de mim, da minha existência, da minha razão de viver.

Este terrível ano que hoje termina, foi marcado por dois acontecimentos trágicos: a tua partida sem regresso e o despedimento da nossa filha aos 50 anos, depois de mais de 30 anos na mesma empresa. Por enquanto e durante mais um anjo, ela está colocada mas depois o que será?

Os meus setenta anos já vão pesando e estes acontecimentos vão corroendo o que ainda restava de solidez psicológica, física e material.

Por isso e como no natal que passou a semana passada, não tenho alegria, nem disposição para celebrar o que quer que seja sem a tua presença. A tua família também passa ao lado da situação porque nunca quis saber de ti enquanto estavas doente, apareceram no velório e no funeral – nem todos – mais por descargo de consciência do que por sentimento.

Daqui a pouco vou ao cemitério mais a Vera, arranjar a tua última morada, refazer as flores que tanto gostavas em vida – e não apenas depois de morta – e deixar-te mais um beijinho de Eterna Saudade. Depois, coloco aqui as imagens.

Descansa em Paz querida no sítio em que te encontras.

25.Mar.2017

25.Mar.2017

4 dias ago cuidador cuidador
Hoje, foi dia de mais uma visita à campa da Tina. Estava com um certo receio por causa do tempo (ont…
Read More
4 dias ago25.Mar.2017
18.Mar.2017 - 8 meses de eterna saudade

18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade

2 semanas ago cuidador cuidador
Faz hoje oito meses que partiste, deixando-nos com uma Saudade sem fim e uma dor incurável. Logo, i…
Read More
2 semanas ago18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade
Pulseiras "Estou Aqui Adultos!" a partir do dia 20 de Março

Pulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…

2 semanas ago cuidador cuidador
Programa é alargado a todo o país e permite, em caso de emergência, entrar em contacto com familiare…
Read More
2 semanas agoPulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…
11.Mar.2016

11.Mar.2016

3 semanas ago cuidador cuidador
Esta semana não falhou como a semana passada. As flores estavam quase todas em ordem, a Vera removeu…
Read More
3 semanas ago11.Mar.2016
05.Mar.2017

05.Mar.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Ontem e hoje não fomos visitar a Tina ao cemitério como fazemos habitualmente todos os Sábados. Ten…
Read More
3 semanas ago05.Mar.2017

[powr-hit-counter id=b0c4f381_1483182897529]

151: 23.Dez.2016

Nunca te esqueceremos!

25.Mar.2017

25.Mar.2017

4 dias ago cuidador cuidador
Hoje, foi dia de mais uma visita à campa da Tina. Estava com um certo receio por causa do tempo (ont…
Read More
4 dias ago25.Mar.2017
18.Mar.2017 - 8 meses de eterna saudade

18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade

2 semanas ago cuidador cuidador
Faz hoje oito meses que partiste, deixando-nos com uma Saudade sem fim e uma dor incurável. Logo, i…
Read More
2 semanas ago18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade
Pulseiras "Estou Aqui Adultos!" a partir do dia 20 de Março

Pulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…

2 semanas ago cuidador cuidador
Programa é alargado a todo o país e permite, em caso de emergência, entrar em contacto com familiare…
Read More
2 semanas agoPulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…
11.Mar.2016

11.Mar.2016

3 semanas ago cuidador cuidador
Esta semana não falhou como a semana passada. As flores estavam quase todas em ordem, a Vera removeu…
Read More
3 semanas ago11.Mar.2016
05.Mar.2017

05.Mar.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Ontem e hoje não fomos visitar a Tina ao cemitério como fazemos habitualmente todos os Sábados. Ten…
Read More
3 semanas ago05.Mar.2017

[powr-hit-counter id=86a44260_1482518634102]

149: 20.Dez.2016

Recebi hoje a notícia que a nota dada pela Câmara Municipal de Lisboa ao meu pedido de habitação municipal, tinha sido muito baixa (18,4), o que significa que devo ficar fora da atribuição.

Em contrapartida, a maioria destas casas são atribuídas a gente que possui casas noutros concelhos, migrantes ou que até as alugam a terceiros.

Como dizia o outro, é a vida, pá!

25.Mar.2017

25.Mar.2017

4 dias ago cuidador cuidador
Hoje, foi dia de mais uma visita à campa da Tina. Estava com um certo receio por causa do tempo (ont…
Read More
4 dias ago25.Mar.2017
18.Mar.2017 - 8 meses de eterna saudade

18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade

2 semanas ago cuidador cuidador
Faz hoje oito meses que partiste, deixando-nos com uma Saudade sem fim e uma dor incurável. Logo, i…
Read More
2 semanas ago18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade
Pulseiras "Estou Aqui Adultos!" a partir do dia 20 de Março

Pulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…

2 semanas ago cuidador cuidador
Programa é alargado a todo o país e permite, em caso de emergência, entrar em contacto com familiare…
Read More
2 semanas agoPulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…
11.Mar.2016

11.Mar.2016

3 semanas ago cuidador cuidador
Esta semana não falhou como a semana passada. As flores estavam quase todas em ordem, a Vera removeu…
Read More
3 semanas ago11.Mar.2016
05.Mar.2017

05.Mar.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Ontem e hoje não fomos visitar a Tina ao cemitério como fazemos habitualmente todos os Sábados. Ten…
Read More
3 semanas ago05.Mar.2017

[powr-hit-counter id=d62e7f58_1488652193471]

 

145: 14.Dez.2016

Cheguei a um período da minha vida em que me estou completamente BORRIFANDO para o que pensem ou bolsem sobre a minha pessoa e a meu respeito. Hoje, e dando sequência ao que afirmei antes, tenho uma novela melhor que as que passam nas retretes das estações de TV tugas.

A minha filha Vera encontra-se internada num hospital (público, porque privado é para os ricos) desde segunda-feira passada. Entretanto e por via de encontrar-se desempregada por força de DESPEDIMENTO COLECTIVO, está inscrita no Instituto do Emprego e Formação Profissional, IP, estando, por consequência, OBRIGADA a comparecer a todas as convocatórias que eles façam.

Até aqui, nada a apontar a não ser que aos CUMPRIDORES andam em cima deles com uma fiscalização absurda que nem no tempo do fascismo salazarista existia (e eu sou e vivi esse tempo), aos outros, os que recebem RSI e outros abonos, subvenções, etc., deixam-nos à solta, sem qualquer problema.

Ora, a trágico-novela que hoje vou contar, tem tanto de absurda como de inconcebível-hilariante-demagógica. Vou começar então a primeira e única parte e/ou capítulo, como a queiram apelidar.

Recebi hoje, dia 14 de Dezembro, no meu domicílio, uma carta do IEFP, IP, com data de 10 de Dezembro (sábado), por correio azul, cujo desenvolvimento passo a inserir já de seguida um e-mail que iria ser enviado ao serviço de emprego das Picoas (origem desta carta) e serviço de emprego de Benfica (entidade a que a minha filha pertence). E este e-mail não foi enviado, está em suspenso, pelos motivos que no final esclarecerei:

De: F Gomes
Para se.picoas@iefp.pt; se.benfica@iefp.pt
Data: 14 de Dezembro de 2016 (envio suspenso)

ASSUNTO: INFORMAÇÃO

Boa tarde

Em nome de minha filha Vera Gomes, utente nº. xxxxxxxx, beneficiária nº. xxxxxxxxxxxxx, informo:

01.-. Foi recebida hoje, dia 14 de Dezembro de 2016 uma carta por CORREIO AZUL, desse serviço, com data de 10 de Dezembro de 2016 (sábado), para minha filha se apresentar amanhã, dia 15 de Dezembro de 2016, pelas 10:30 horas, na Avenida 5 de Outubro, 24, Lisboa, a fim de verificar as suas condições para possível integração em Contrato Emprego-Inserção;

02.- Minha filha, Vera Maria Chadeca Gomes, supra referenciada, deu entrada no Hospital de Egas Moniz na passada segunda-feira, dia 12 de Dezembro de 2016, encontrando-se internada desde essa data e sem data previsível de alta médica dado que é uma doente diabética insulina-dependente desde há DEZASSEIS ANOS, por isso, pedi a ela que solicitasse na Secretaria da Unidade Hospitalar uma DECLARAÇÃO em como ela estava INTERNADA desde segunda-feira passada;

03.- Através do vosso contacto telefónico 21 580 21 00, fui informado pelo funcionário que me atendeu depois de 30 minutos de tentativas de chamada, que a declaração que o Hospital iria passar NÃO ERA VÁLIDA COMO JUSTIFICAÇÃO e que teria de ser a médica de família a passar a baixa médica, sendo esse documento o único válido para justificar a não comparência da beneficiária;

04.- Sendo o Hospital de Egas Moniz, um HOSPITAL PÚBLICO, como pode uma declaração emitida por essa Unidade, ser interpretada como NÃO VÁLIDA para fins justificativos de falta de comparência às vossas convocações? E mais, o mesmo funcionário informou que teria de ser a médica de família a passar a baixa médica para esse documento ser justificativo da falta de comparência. Ora, como pode a minha filha deslocar-se ao Centro de Saúde pedir a baixa médica se está INTERNADA? O mesmo funcionário esclareceu que podia ser eu a deslocar-me ao CS em nome da minha filha e pedir à médica essa baixa. Ou seja, NÃO CONFIAM num documento emitido por um Hospital Público, mas confiam que a médica vai confiar no que o pai da internada diz…

05.- Nesta conformidade e como apenas amanhã, dia 15 de Dezembro de 2016 poderei ter em minha posse os documentos justificativos – a minha filha vai tentar ainda hoje encontrar o médico que a assiste no Hospital para lhe pedir a emissão da baixa médica – e eu amanhã vou ao CS do Santo Condestável falar com a médica de família, Dra. Salomé, – dado que já marquei hora (12:00 horas) para esse efeito -, a fim de ela também emitir a baixa médica, constituindo assim duas justificações mais que justificáveis para a não comparência da minha filha às vossas convocatórias. Penso que não seja necessária uma terceira justificação.

Nesta conformidade, amanhã serão enviadas cópias dos documentos justificativos quer para o serviço de emprego das Picoas, entidade que enviou a carta, quer para o serviço de emprego de Benfica, entidade a que ela pertence.

Obrigado,

(fim do e-mail não enviado)

Ora, o e-mail não foi enviado porque tendo estado em contacto com a minha filha no hospital via telemóvel, pedi-lhe que “apanhasse” o médico a fim de lhe passar a baixa médica para apresentar no serviço de emprego supra citado. Recebi o feedback dela mais tarde, informando que tinha conseguido falar com o médico e que este a informou que passaria hoje a alta médica a fim de ela poder amanhã tratar dos seus assuntos pessoais (serviço de emprego do IEFP, IP + convocatória para sexta-feira na Rua das Pedralvas em Benfica, ou seja, duas convocatórias de rajada), o que significa que o médico também borrifou-se para o facto da minha filha ainda não ter tido tempo para estabilizar os seus valores tipo escada rolante, apenas lhe sendo aplicado o novo equipamento de medição glicémica via wireless e que manterá por mais quinze dias. Depois, terá de o devolver ao hospital dado que o aparelho é de “testes”.

Assim, ela sairá do hospital amanhã, dia 15 às 08:30 horas (se os enfermeiros fizerem atempadamente a colheita para as análises), senão sairá sem essas colheitas a fim de estar às 10:30 horas na Av. 5 de Outubro para a convocatória acima mencionada no e-mail.

Ou seja, primeiro a OBRIGATORIEDADE da sua presença no IEFP, IP para não PERDER O DIREITO AO SUBSÍDIO DE DESEMPREGO, em segundo lugar a merda da doença e da saúde.

A carta hoje recebida do IEFP, IP é bastante esclarecedora nestes termos de não comparência:

“A FALTA DE COMPARÊNCIA A ESTA CONVOCATÓRIA É UMA VIOLAÇÃO AO DEVER DE COMPARÊNCIA NOS LOCAIS E DATAS DETERMINADOS PELOS SERVIÇOS DO IEFP, IP, PREVISTA NA ALÍNEA g) do nº. 1 do artigo 41º. do Decreto-lei nº. 220/2006, de 3 de Novembro, NA ACTUAL REDACÇÃO (1) EXCEPTO SE FOR APRESENTADA NESTES SERVIÇOS UMA JUSTIFICAÇÃO DA FALTA NOS TERMOS CONSTANTES DO REGIME PREVISTO NO Código do Trabalho. A FALTA TEM QUE SER JUSTIFICADA NO PRAZO DE CINCO DIAS CONSECUTIVOS, A CONTAR DO DIA IMEDIATO À FALTA”.

Terminada esta novela, tipo mexicana de 5ª. categoria que ilustra bem o estado da Nação em que (infelizmente) tenho de (sobre)viver – e digo isto porque como atrás referi, os aldrabões, corruptos e vigaristas andam à solta, os cumpridores são incessantemente vigiados, sinto cada vez mais ÓDIO, sim, ÓDIO, por quem produz, legisla e aprova as leis deste País. Sem qualquer excepção.

25.Mar.2017

25.Mar.2017

4 dias ago cuidador cuidador
Hoje, foi dia de mais uma visita à campa da Tina. Estava com um certo receio por causa do tempo (ont…
Read More
4 dias ago25.Mar.2017
18.Mar.2017 - 8 meses de eterna saudade

18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade

2 semanas ago cuidador cuidador
Faz hoje oito meses que partiste, deixando-nos com uma Saudade sem fim e uma dor incurável. Logo, i…
Read More
2 semanas ago18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade
Pulseiras "Estou Aqui Adultos!" a partir do dia 20 de Março

Pulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…

2 semanas ago cuidador cuidador
Programa é alargado a todo o país e permite, em caso de emergência, entrar em contacto com familiare…
Read More
2 semanas agoPulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…
11.Mar.2016

11.Mar.2016

3 semanas ago cuidador cuidador
Esta semana não falhou como a semana passada. As flores estavam quase todas em ordem, a Vera removeu…
Read More
3 semanas ago11.Mar.2016
05.Mar.2017

05.Mar.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Ontem e hoje não fomos visitar a Tina ao cemitério como fazemos habitualmente todos os Sábados. Ten…
Read More
3 semanas ago05.Mar.2017

[powr-hit-counter id=ec3cdca0_1481743600846]

144: 12.Dez.2016

A minha filha Vera deu hoje entrada no hospital para tentarem estabilizar os valores glicémicos que oscilam entre os 20 e os 500. Veremos no que vai dar.

E ao fim de 70 anos de vida, aqui estou eu sozinho, entregue a mim mesmo. Nunca me tinha acontecido tal situação mas há sempre uma primeira vez, n’é?

Entretanto, a minha netinha mais nova faz hoje 11 aninhos. Ainda parece que foi ontem que eu e a Avó Tina estávamos a mudar-lhe as fraldas e a dar-lhe o biberão…

25.Mar.2017

25.Mar.2017

4 dias ago cuidador cuidador
Hoje, foi dia de mais uma visita à campa da Tina. Estava com um certo receio por causa do tempo (ont…
Read More
4 dias ago25.Mar.2017
18.Mar.2017 - 8 meses de eterna saudade

18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade

2 semanas ago cuidador cuidador
Faz hoje oito meses que partiste, deixando-nos com uma Saudade sem fim e uma dor incurável. Logo, i…
Read More
2 semanas ago18.Mar.2017 – 8 meses de eterna saudade
Pulseiras "Estou Aqui Adultos!" a partir do dia 20 de Março

Pulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…

2 semanas ago cuidador cuidador
Programa é alargado a todo o país e permite, em caso de emergência, entrar em contacto com familiare…
Read More
2 semanas agoPulseiras “Estou Aqui Adultos!” a partir do dia 20…
11.Mar.2016

11.Mar.2016

3 semanas ago cuidador cuidador
Esta semana não falhou como a semana passada. As flores estavam quase todas em ordem, a Vera removeu…
Read More
3 semanas ago11.Mar.2016
05.Mar.2017

05.Mar.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Ontem e hoje não fomos visitar a Tina ao cemitério como fazemos habitualmente todos os Sábados. Ten…
Read More
3 semanas ago05.Mar.2017

[powr-hit-counter id=31971692_1481562176399]