306: 17.Dez.2018

Hoje, vou começar pela parte mais triste e negativa, ou seja, depois de ter sido confirmado pelo responsável que arranjou a campa da Tina, que a gravilha já estava instalada sobre a terra, dado que esta abateu e tiveram de colocar terra nova para nivelar a parte de cima da campa, na visita semanal que hoje fizemos, reparámos que estava tudo na mesma como desde há 3 ou 4 semanas semanas atrás. A imagem dá para ver o estado lastimável da campa, parecendo mais que abandonada se não fossem as flores que colocamos na jarra…

Depois, vem a parte menos triste que foi a Vera arranjar as flores, colocando água na jarra, tirando as que já estavam murchas, da semana passada e pondo o raminho que hoje comprámos na florista em frente ao cemitério. Pensamos na próxima segunda-feira, dia 24, irmos à visita semanal, se o tempo o permitir, não pela data que é, mas pelo amor que temos por ti e pelas enorme saudades que deixaste nos nossos corações.