288: 15.Set.2018

Dia de visita à nossa querida Tina, com um novo raminho de flores muito bonitas. As da semana passada já estavam murchas devido ao calor que tem feito sentir-se, mas a Vera, como sempre, mudou a água, arranjou o novo ramo e ficou muito bonito. Flores que tu sempre gostaste em toda a tua existência. Para a semana lá estaremos de novo, querida.

287: 08.Set.2018

Hoje, mesmo com uma chuvinha chata, fomos à visita semanal à campa da nossa querida. As flores que a Vera tinha colocado a semana passada (eu não fui porque não me sentia em condições), estavam bem murchas e caso curioso, ROUBARAM uma flores que tínhamos no copo da campa! Será possível que até num cemitério existe escumalha que nem as campas e os mortos respeitam? A que estado chegámos! Mas aqui ficam as imagens da visita de hoje. Dor profunda, Saudade Eterna minha querida.

As duas imagens acima foram tiradas ontem, quando a Vera as trouxe e depois de borrifadas com água. As imagens a seguir, são da nossa visita de hoje:

286: 01.Set.2018

Hoje, não fiz a visita semanal à campa da Tina por não me sentir em condições para isso, mas a Vera não faltou e foi sozinha. Ontem, tinha tirado umas fotos ao raminho que a Vera comprou:

Depois da habitual tarefa de retirar as flores secas, mudar a água do copo, colocar o raminho que hoje levou, as imagens são da Vera:

[powr-hit-counter id=06ffa764_1535806386387]