226: 07.Out.2017

Antes da visita semanal à campa da Tina, encontrei uma antiga amiga dela, conhecidas de décadas e que lhe apanhava as malhas das meias. Naquela época, as meias de nylon das senhoras quando tinham malhas caídas, era habitual levarem-nas à apanhadeira e esta amiga dela era uma delas.

Já não a via há mais de 5 anos e quando lhe disse que a Tina tinha falecido o ano passado, nem sequer esboçou um simples sentimento de tristeza, dizendo apenas que já está a descansar…

Se isto fosse dito de uma Manuela qualquer que conhecesse a Tina de vista, ainda poderia admitir, mas com esta gaja – e vou deixar de ser socialmente correcto para com este tipo de gente -, amigas durante décadas, ter uma reacção destas, deixou-me apenas perplexo e sem vontade de continuar conversa pelo que me despedi com um até mais ver.

Mas também quando a família se desligou completamente, ainda era ela viva, salvo meia dúzia de excepções durante 6 anos a fio, nomeadamente uma irmã que trabalhou com ela no hospital durante talvez 20 anos e que nem uma visita fez durante os 5 anos da doença, nem apareceu no velório e no funeral,  estou a espantar-me com este tipo de atitudes ou reacções?

Fica a nossa Saudade e o sentido de perda inconsolável pela ausência da nossa querida Tina.

18.Jul.2016 - 18.Jan.2018

18.Jul.2016 – 18.Jan.2018

2 dias ago cuidador cuidador
Há 18 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no…
Read More
2 dias ago18.Jul.2016 – 18.Jan.2018
16.Jan.2018

16.Jan.2018

3 dias ago cuidador cuidador
Hoje, a mensagem é mais longa do que habitualmente, mas a data também é muito especial e merece refe…
Read More
3 dias ago16.Jan.2018
03.Jan.2018

03.Jan.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
Hoje, infelizmente, não pudemos levar um raminho de flores. O orçamento não "esticou" dado que o Est…
Read More
2 semanas ago03.Jan.2018
30.Dez.2017

30.Dez.2017

3 semanas ago cuidador cuidador
Mais um ano que passou, é o segundo após a tua partida e ainda parece que foi ontem! A Saudade não l…
Read More
3 semanas ago30.Dez.2017
23.Dez.2017

23.Dez.2017

4 semanas ago cuidador cuidador
Este é o segundo Natal que passamos sem ti minha querida e não existem palavras que traduzam a dor e…
Read More
4 semanas ago23.Dez.2017

[powr-hit-counter id=5324c87e_1507379524850]