223: 19.Set.2017

Ontem fez 14 meses que nos deixaste para sempre; hoje, faz 14 meses que desceste à tua última morada. Eu e a Vera fomos fazer-te a habitual visita semanal – que não foi no sábado para evocarmos esta data tão triste – e deixámos-te um novo raminho de flores amarelas, muito simples mas muito lindas.

Rastos de eventuais visitas da tua família, nestes catorze meses, nem vê-los…

Descansa em Paz, minha querida.

18.Jul.2016 - 18.Jun.2018

18.Jul.2016 – 18.Jun.2018

2 dias ago cuidador cuidador
Há 23 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no…
Read More
2 dias ago18.Jul.2016 – 18.Jun.2018
12.Jun.1964 - 12.Jun.2018

12.Jun.1964 – 12.Jun.2018

7 dias ago cuidador cuidador
Faz hoje 54 anos que começámos a namorar. Foi num Baile dos Santos Populares no Mercado de Algés ond…
Read More
7 dias ago12.Jun.1964 – 12.Jun.2018
09.Jun.2018

09.Jun.2018

1 semana ago cuidador cuidador
Mais um sábado que falhei a visita à campa da Tina. Não tenho andado lá muito "católico" e o tempo t…
Read More
1 semana ago09.Jun.2018
02.Jun.2018

02.Jun.2018

2 semanas ago cuidador cuidador
Hoje, foi a Vera a única visita à campa da nossa querida Tina dado que não me encontrava em condiçõe…
Read More
2 semanas ago02.Jun.2018
26.Mai.2018

26.Mai.2018

3 semanas ago cuidador cuidador
Dia de visita à campa da nossa querida Tina. Mais um raminho de flores compradas pela Vera para junt…
Read More
3 semanas ago26.Mai.2018

[powr-hit-counter id=75706a0e_1505827876783]