213: 05.Ago.2017

Dia de visita à campa da nossa querida Tina. Flores da semana passada algo murchas, sem uma gota de água no jarro.

Esta semana o raminho é mais pobre dado que além de as flores estarem mais caras, são metade do que eram ao mesmo preço de antes, o que fez com que pensássemos em comprar umas flores artificiais e na visita de sábado que vem, comprar dois ou três pés de flores naturais para compor o ramo.

As flores artificiais que comprámos, já a caminho de casa, foram estas:

O raminho que deixámos, foi este:

18.Jul.2016 - 18.Dez.2017

18.Jul.2016 – 18.Dez.2017

18 horas ago cuidador cuidador
Há 17 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no…
Read More
18 horas ago18.Jul.2016 – 18.Dez.2017
17.Dez.2017

17.Dez.2017

1 dia ago cuidador cuidador
A senhoria do prédio onde residimos há cerca de 19 anos, é emigrante em França. Esteve cá durante un…
Read More
1 dia ago17.Dez.2017
16.Dez.2017

16.Dez.2017

2 dias ago cuidador cuidador
A nossa visita semanal à campa da nossa querida, num dia cheio de Sol. Hoje, levámos um raminho de t…
Read More
2 dias ago16.Dez.2017
09.Dez.2017

09.Dez.2017

1 semana ago cuidador cuidador
Dia nublado mas sem chover. Fomos a mais uma visita à campa da nossa querida e hoje levámos um ramin…
Read More
1 semana ago09.Dez.2017
03.Dez.2017

03.Dez.2017

2 semanas ago cuidador cuidador
Ontem, sábado, não existiram condições para a nossa habitual visita semanal à campa da nossa querida…
Read More
2 semanas ago03.Dez.2017

[powr-hit-counter id=0d72fdef_1501941121465]