180: 15.Abr.2017

Mais uma visita à campa da Tina, véspera de Domingo de Páscoa, o primeiro que não celebramos em família.

Extremamente doloroso, muita saudade, lágrimas q.b. por não ter a minha querida entre nós, difícil de explicar. São sentimentos muito profundos de uma vivência em comum de 52 anos.

Novo raminho de flores, limpeza das que estavam secas (o copo já não tinha uma gota de água dado o calor que tem feito sentir-se nestes últimos dias).

Ficam as imagens, a dor, a saudade, a tristeza de não a termos connosco.

18.Jul.2016 - 18.Dez.2017

18.Jul.2016 – 18.Dez.2017

17 horas ago cuidador cuidador
Há 17 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no…
Read More
17 horas ago18.Jul.2016 – 18.Dez.2017
17.Dez.2017

17.Dez.2017

1 dia ago cuidador cuidador
A senhoria do prédio onde residimos há cerca de 19 anos, é emigrante em França. Esteve cá durante un…
Read More
1 dia ago17.Dez.2017
16.Dez.2017

16.Dez.2017

2 dias ago cuidador cuidador
A nossa visita semanal à campa da nossa querida, num dia cheio de Sol. Hoje, levámos um raminho de t…
Read More
2 dias ago16.Dez.2017
09.Dez.2017

09.Dez.2017

1 semana ago cuidador cuidador
Dia nublado mas sem chover. Fomos a mais uma visita à campa da nossa querida e hoje levámos um ramin…
Read More
1 semana ago09.Dez.2017
03.Dez.2017

03.Dez.2017

2 semanas ago cuidador cuidador
Ontem, sábado, não existiram condições para a nossa habitual visita semanal à campa da nossa querida…
Read More
2 semanas ago03.Dez.2017

[powr-hit-counter id=7c1ab883_1492271296425]