32: 10.Jul.2016

Uma noite quase calma, um dia mais que agitado. Parece que ao fim-de-semana, a dose é extra.

Amanhã, tenho cá em casa a médica de família e a(s) enfermeira(s) – às vezes vem uma, outras vezes vêm duas, nunca se sabe -, a primeira para reavaliar a D. Albertina (quantas “reavaliações” serão ainda necessárias?), a(s) segunda(s) para fazer limpeza às úlceras e colocar pensos novos.

Fica um vídeo de um a altura em que a Tina estava a desatinar, embora esta não fosse a pior fase…

0-assinatura

23.Jun.2018
cuidador cuidador 16 horas ago

Antes da publicação sobre a nossa visita de hoje à campa da nossa querida Tina, não posso deixar pas… Read More

23.Jun.2018
18.Jul.2016 - 18.Jun.2018
cuidador cuidador 6 dias ago

Há 23 meses que partiste e ainda parece que foi ontem... Não te esquecemos minha querida, vives no… Read More

18.Jul.2016 – 18.Jun.2018
12.Jun.1964 - 12.Jun.2018
cuidador cuidador 2 semanas ago

Faz hoje 54 anos que começámos a namorar. Foi num Baile dos Santos Populares no Mercado de Algés ond… Read More

12.Jun.1964 – 12.Jun.2018
09.Jun.2018
cuidador cuidador 2 semanas ago

Mais um sábado que falhei a visita à campa da Tina. Não tenho andado lá muito "católico" e o tempo t… Read More

09.Jun.2018
02.Jun.2018
cuidador cuidador 3 semanas ago

Hoje, foi a Vera a única visita à campa da nossa querida Tina dado que não me encontrava em condiçõe… Read More

02.Jun.2018

[powr-hit-counter id=1b724820_1488656612906]